O caso SKY: juntos, somos fortes

Resolvi meus problemas com a SKY graças a todos os meus seguidores e leitores que acessaram meu texto e deixaram comentários. Obrigada!

Há algumas semanas postei aqui um desabafo sobre a TV por assinatura SKY e como eu estava ficando louca tentando resolver um problema de uma oferta feita por eles. Não vou repetir aqui o ocorrido, mas o texto está aqui no site para quem quiser ler.

Postei em meio ao caos da greve dos caminhoneiros e a falta de combustível. Poucas horas depois, recebi alguns WhatApps de amigos me informando que o marido de uma grande amiga é gerente da referida empresa, e me passando o celular dele. Na mesma hora liguei, disse que tinha escrito o artigo, por isso nossos amigos em comum tinham me dado seu número. Expliquei a ele tudo o que tinha acontecido e, claro, ele se prontificou a resolver, até porque ele é um encanto de pessoa e muito prestativo. Posso falar porque o conheço.

Toquei minha vida. Trabalhei no jornal, e depois que saí fui abastecer o carro da minha irmã que estava no cheiro. Acho que já estava abaixo da reserva.  Como ela trabalha até de noite, me prontifiquei para enfrentar a longa fila.

Depois de algumas horas na fila, resolvi olhar meu celular e achei estranho, porque vi algumas mensagens, tanto no e-mail quanto no Facebook, sobre a SKY, inclusive funcionários da empresa pedindo meu telefone. Decidi então entrar no administrador do meu site e tive a maior surpresa.

Graças a cada um de vocês, minha justa reclamação sobre a empresa teve 44 mil acessos e 240 comentários. Foi um misto de espanto, alegria e tristeza. Espanto de ver tanto acesso, em tão pouco tempo – isso é muito raro em um blog. Alegria pelo meu texto ter “bombado”, é o sonho de qualquer jornalista, blogueiro, escritor. Este foi meu Best Seller. Tristeza de ver quantas pessoas estão insatisfeitas com a SKY, quanta gente tem problema com a operadora e não consegue resolver.

Fiz questão de aprovar todos os comentários, e li cada um deles. Algumas queixas são tão fáceis de solucionar. Toda grande empresa tem um sistema de controle do que estão falando sobre ela na internet, nas redes sociais. Quando meu artigo atingiu níveis tão altos de acesso, com certeza acendeu um luz vermelha na empresa, e eles entraram em contato comigo. Apesar de o meu amigo já estar trabalhando na questão, a área de São Paulo assumiu o caso. Em poucos dias estava tudo solucionado. Mais uma vez digo, graças a cada um de vocês.

Isso comprovou uma coisa que todos nós sabemos, mas, infelizmente, usamos muito pouco: JUNTOS SOMOS MUITO FORTES. Se nos unirmos, conseguiremos vencer qualquer batalha, a nosso favor, a favor da nossa qualidade de vida, da nossa família, dos nossos direitos, do nosso país. Juntos, podemos enfrentar problemas de injustiça, corrupção, abuso que sairemos vitoriosos, pena que usamos muito pouco esse nosso poder. Por quê? Por não confiarmos nas pessoas que levantam as bandeiras das lutas. Elas podem até ser legítimas, porém, sabemos que sempre existem interesses por trás desses “líderes”.

O movimento contra a corrupção ganhou força – pena que enfraqueceu, principalmente durante a Copa e os políticos já estão aprontando na surdina – porque foi popular, sem líder aparente.

Obrigada, mais uma vez. Me coloco aqui à disposição para ajudar meus leitores a dar voz a suas questões, desde que sejam reclamações legítimas, e peço que não esqueçam a força que temos em nossas mãos quando agimos juntos.

Isabela Teixeira da Costa

Sky quer me levar à loucura

A TV por assinatura Sky me ligou oferecendo um serviço para atualizar meu pacote que era muito antigo e me colocou em meio a um suplício.

Já se sentiu dentro de um pesadelo recorrente? Aquela cena que você tenta sair dela e quando acha que conseguiu se vê novamente no início e sofrendo tudo de novo? Coisas que vemos muito em filmes de suspense e terror. Pois a Sky conseguiu fazer isso comigo.

Minha mãe é assinante Sky, pois mora em um sitio em Santa Luzia. Apesar de ser sitio, em dentro da cidade, a meio quarteirão da rua principal do centro histórico. A Sky é a única opção de TV por assinatura, porque a Net não chegou lá ainda. Bom, pelo menos é a que eu conheço, TV via satélite e não por cabo.

A assinatura dela é bem antiga e, consequentemente, o pacote também. Não sei por que, mas deve ter uma explicação, eles não gostam de ter pacotes antigos. Sou uma das assinantes mais antigas da Net e vira e mexe me ligam para atualizar meu pacote também. Como minha mãe tem 91 anos e sofre do Mal de Alzheimer, eu que resolve essas questões.

Estávamos quietos na nossa, e recebi a ligação de um funcionário da Sky perguntando se não queríamos atualizar o pacote, sem perder nada, ao contrário, teríamos algumas vantagens, e reduziria em pouco mais de R$ 100 a mensalidade. Retiraríamos o ponto e o equipamento HD que fica no quarto da minha mãe. Concordei e pedi que trocassem os pontos do meu quarto e do quarto de minha irmã, que são digitais, por HD, já que iriam lá. O rapaz disse que não teria nenhum problema.

Visita agendada, dia e horário, já que minha mãe dorme na parte da manhã e não podemos tirá-la de sua rotina. Pois foi aí que o suplício começou. Chegaram lá no dia errado e pela manhã. Não deixamos entrar e cabia a mim ligar para a Sky e remarcar. O telefone 10611 é uma verdadeira tortura. Você fica uns 40 minutos ouvindo um computador falar e digitando números em uma tentativa insana de ouvir a opção de falar com um atendente. Nesta primeira vez tive que fazer três ligações infrutíferas até conseguir “achar” a opção de falar com um ser humano. Expliquei o que ocorreu e marcamos nova visita.

Dia e horário corretos, porém só queriam recolher o ponto do quarto da minha mãe. E o resto do serviço? Não tinha nenhuma citação na ordem de serviço. Foram embora sem fazer nada. Lá eu ligar novamente para a Sky. Gastei mais uma hora para conseguir falar com um atendente. Expliquei a situação, nova marcação. Foram lá novamente depois de uma semana, porém queriam retirar um ponto e instalar outros dois. Na OS falava para instalar dois pontos HD e não trocar dois pontos digitais por HD. E não adiantava explicar o erro, eles obedecem ao que está escrito.

Oi?! Como assim? O que ia fazer com cinco pontos da Sky na casa da minha mãe? Só se colocasse ponto nas varandas. O pessoal foi embora e eu tive que ligar de novo. Nova hora perdida tentando ligar. Consegui falar. Expliquei para a atendente o erro da OS. Ela muito gentil – por sinal todos os atendentes são muito gentis –, respondia que não tinha erro, que é assim que eles têm que preencher e que o técnico é que não sabe entender. Pedi, pelo amor de Deus, que colocasse a palavra trocar. Ela se recusou e disse que um supervisor acompanharia o serviço, mas antes alguém entraria em contato comigo por telefone.

Depois de mais de 10 dias aguardando, recebi um telefonema ontem, da Sky. E quase enlouqueci quando a moça disse que estava me ligando porque eu tinha pedido o cancelamento da assinatura. Desisto.

Como me colocaram dentro desse tormento???? Não pedi nada à Sky, estava quieta na minha e agora eles estão conseguindo me levar à loucura porque não conseguem entender uma palavra do que falam e do que ouvem. Acho que falo português e enquanto falo eles escutam japonês e como não entendem escrevem o que querem.

Alguém tem uma sugestão para me dar, que me ajude a sair desse pesadelo?

Isabela Teixeira da Costa